domenica 22 giugno 2008

GLOBO - Ronaldinho Gaúcho reafirma o desejo de defender o Brasil nas Olimpíadas

Colocado pelo presidente da CBF como salvação da seleção, o meia Ronaldinho Gaúcho não se esconde da responsabilidade. Em entrevista exclusiva ao programa Esporte Espetacular, o craque afirma que deseja conquistar o ouro inédito para o futebol brasileiro nos Jogos Olímpicos de Pequim.

- É um título que o Brasil não tem e qualquer jogador sonha em entrar para história conquistando essa medalha – afirmou Ronaldinho, que disputou as Olimpíadas de Sydney, em 2000, quando ainda era apenas uma promessa do futebol mundial.

Confira os principais trechos da entrevista

Aprendendo com a derrota na Copa de 2006 “Todo mundo dizia que a gente era campeão antes mesmo de começar o torneio. Isso gerou uma expectativa muito grande. Fiquei com orgulho ferido. Agora é utilizar a Copa de 2006 como aprendizado para a Copa de 2010 na África do Sul”.

Temporada irregular no Barcelona
“Quando a equipe que não está bem, dificilmente o jogador também rende. Minha tristeza é falta de títulos, a falta de coisas boas ao redor. A alegria das vitórias que não aconteceram”.

Drible marcante
“Foram muitos. O jogo contra a Inglaterra, na Copa de 2002, uma pedalada perto do Rivaldo”.

Interesse do Chelsea
“É um campeonato que é tão competitivo quanto à Liga Inglesa. Fico muito feliz em saber que os torcedores sonham me ver atuando em seus clubes. Meu maior objetivo é aproveitar o finalzinho de férias e voltar a jogar bem”.

VIDEO INTERVISTA